A paciência de Deus: o que 2 Pedro 3:15 pode nos ensinar sobre a salvação?

A paciência de Deus: o que 2 Pedro 3:15 pode nos ensinar sobre a salvação?

A Bíblia é uma fonte inesgotável de sabedoria e conhecimento, que pode nos ajudar a entender o propósito da vida e o plano de salvação de Deus. Em 2 Pedro 3:15, o apóstolo Pedro nos ensina sobre a paciência de Deus em relação à salvação dos seus filhos. Neste artigo, vamos explorar mais sobre esse verso bíblico e entender como ele pode nos guiar na nossa jornada de fé.

A paciência de Deus em relação à salvação

No verso de 2 Pedro 3:15, o apóstolo Pedro está falando sobre a volta de Jesus Cristo e como devemos nos comportar até que ele retorne. Ele nos lembra que Deus é paciente e que sua vontade é que todos sejam salvos. 

Pedro começa o verso dizendo: "E tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor". Aqui, Pedro está enfatizando a paciência de Deus em relação à salvação. Ele está nos lembrando que Deus não está apressado para julgar o mundo e que ele dá tempo para que as pessoas se arrependam e se voltem para ele.

Referências bíblicas:

  • 1 Timóteo 2:3-4: "Isto é bom e agradável diante de Deus, nosso Salvador, que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade".
  • Romanos 2:4: "Ou desprezas a riqueza da sua bondade, tolerância e paciência, não reconhecendo que a bondade de Deus é que te conduz ao arrependimento?".

A vontade de Deus é que todos sejam salvos

O verso de 2 Pedro 3:15 nos lembra que a vontade de Deus é que todos sejam salvos. Ele é paciente e amoroso, dando a oportunidade para que as pessoas se arrependam e mudem de vida. 

Essa mesma mensagem é enfatizada em outras passagens bíblicas, como em João 3:16, onde está escrito: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna". 

Deus não deseja a condenação de ninguém, mas sim que todos tenham a oportunidade de se aproximar dele e serem salvos por meio da fé em Jesus Cristo.

Referência bíblica:

  • João 3:17: "Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele".

A importância do arrependimento

Embora Deus seja paciente e amoroso, a salvação não é automática. É preciso que as pessoas se arrependam de seus pecados e se voltem para Deus. Em 2 Pedro 3:9, Pedro diz: "Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependmento". 

Aqui, Pedro está enfatizando a importância do arrependimento para a salvação. Deus está esperando que as pessoas mudem suas vidas e se voltem para ele, reconhecendo que precisam da salvação que somente Ele pode oferecer.

Referências bíblicas:

  • Lucas 13:3: "Não, eu vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis".
  • Atos 3:19: "Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados".

Conclusão:

Em 2 Pedro 3:15, o apóstolo Pedro nos ensina sobre a paciência de Deus em relação à salvação. Ele nos lembra que Deus não está apressado para julgar o mundo e que sua vontade é que todos sejam salvos. Isso não significa, no entanto, que a salvação é automática. 

É preciso que as pessoas se arrependam de seus pecados e se voltem para Deus. A mensagem de 2 Pedro 3:15 é um convite para que todos nós nos arrependamos e nos voltemos para Deus, confiando em sua paciência e amor para nos salvar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário